Robôs autônomos e seus tipos com aplicativos

Robôs autônomos e seus tipos com aplicativos

Robótica é o estudo de robôs e robôs são máquinas eletromecânicas usadas para realizar diferentes tarefas. Os robôs mais populares são colocados em lugares perigosos porque esses robôs realizam as tarefas que os humanos estão restritos a realizar.



Alguns robôs podem trabalhar sozinhos e outros robôs sempre precisam da ajuda de pessoas para realizar as tarefas ou para dizer a tarefa a ser realizada. Os robôs podem ser usados ​​em diferentes áreas, como medicina, comunicação espacial, aplicações militares , e assim por diante.


Robôs Autônomos

Robôs Autônomos





Um robô automático é um tipo de sistema robótico manipulado considerado um dos primeiros sistemas robóticos com base no Sistema de controle ele possui. Os robôs automáticos são divididos em quatro categorias principais com base em suas características e aplicações.

O sistema robótico de manipulação é classificado em três tipos:



  • Robôs autônomos controlados
  • Robôs controlados remotamente
  • Robôs controlados manualmente

Os robôs autônomos são usados ​​principalmente em áreas industriais, enquanto os robôs controlados remotamente são usados ​​em ambientes restritos a seres humanos. Os robôs controlados manualmente são amplamente utilizados para movimentação de mercadorias e também para transporte.

Tipos de sistema robótico autônomo

Dos três tipos de sistema robótico de manipulação, o sistema autônomo é ainda classificado em quatro tipos:


  1. Programável
  2. Não programável
  3. Adaptativo
  4. Inteligente

1. Robô automático programável

Robôs automáticos programáveis

Robôs automáticos programáveis

Um robô programável é um robô de primeira geração com um atuador em cada junta. Os robôs podem ser reprogramáveis ​​com base no tipo de aplicação para a qual foram comissionados. A função e a aplicação dos robôs podem ser alteradas por reprogramação após o robô ser programado uma vez para executar uma função no padrão e sequência fixa fornecidos.

Kits de robôs como Lego mind storms, Bioloid da programável Robotics podem ajudar os alunos a aprender sobre sua programação e funcionamento. O robô móvel avançado, os braços robóticos e o gadgeter são alguns dos exemplos desses robôs programáveis.

A principal desvantagem deste robô autônomo é que uma vez programado, ele persiste em operação mesmo que haja a necessidade de alterar sua tarefa (em caso de emergência). Esses robôs podem ser usados ​​em diferentes aplicações, como robótica móvel, controle industrial e aplicações de naves espaciais.

2. Robô automático não programável

Robô automático não programável

Robô automático não programável

Este robô é um dos tipos básicos de robô, na verdade, um robô não programável. Este robô nem mesmo é considerado um robô, mas é um explorador sem dispositivo de controle reprogramável. Os braços mecânicos usados ​​nas indústrias são alguns dos exemplos desses tipos de robôs em que os robôs são geralmente anexados aos dispositivos programáveis ​​usados ​​nas indústrias para produção em massa, conforme mostrado na figura.

Esses tipos de robôs encontram aplicações em alguns dos dispositivos, incluindo guias de caminho e transportadores de produtos médicos e também alguns robôs seguidores de linha.

3. Robô Adaptável

Robôs adaptativos

Robôs adaptativos

Os robôs adaptativos também são robôs industriais que podem ser adaptados de forma independente a várias faixas no processo. No entanto, esses robôs são mais sofisticados do que robôs programáveis. Estes podem ser adaptados até certo ponto e, após avaliação, podem realizar a ação necessária naquela área adaptada. Esses robôs são, em sua maioria, equipados com sensores e sistemas de controle.

Sensores são usados ​​para detectar condições ambientais, variáveis ​​de processo e outros parâmetros relacionados a uma tarefa específica. O sistema de controle de feedback acessa esses sinais dos sensores e, dependendo do algoritmo implementado, controla as saídas.

Os robôs adaptativos são usados ​​principalmente em aplicações como sistemas de pulverização e soldagem. A garra robótica e a garra adaptativa de 2 dedos são exemplos desse robô autônomo. Esses robôs podem ser usados ​​em diferentes aplicações, como aeroespacial, médica, bens de consumo, aplicações domésticas e áreas industriais de manufatura.

4. Robôs Inteligentes

Robôs Inteligentes

Robôs Inteligentes

Os robôs inteligentes, como o nome sugere, são os mais inteligentes de todos os outros tipos de robôs com sensores e microprocessadores para armazenar e processar os dados. O desempenho desses robôs é altamente eficiente devido à sua análise baseada na situação e habilidades de execução de tarefas. Robôs inteligentes podem sentir os sentidos como dor, olfato e paladar e também são capazes de visão e audição, e - de acordo, executam as ações e expressões como emoções, pensamento e aprendizagem.

Esses robôs encontram suas aplicações em áreas como aplicações médicas, militares e sistemas de controle de eletrodomésticos, etc.

Esses são os quatro tipos diferentes de sistemas robóticos autônomos, que podem ser implementados em uma ampla gama de aplicações. Além disso, para qualquer dúvida sobre os robôs em tempo real e sua implementação em projetos de robótica , você pode comentar na seção de comentários fornecida abaixo.

Don Miss It : Para mais ideias de projetos de robótica

Créditos fotográficos